Bem Vindo!!!

Parábolas e Fábulas são contadas de geração em geração e tem como atributo principal fazer-nos refletir sobre nossas atitudes e comportamentos.



Em sua maioria trazem, em seu conteúdo, lições de moral relacionadas ao comportamento humano com o próximo.



O objetivo deste blog é divulgar as muitas parábolas e fábulas contadas pelo mundo, bem como colaborar para que nos tornemos mais sábios e preparados para encarar a vida e seus desafios.



Boa Leitura!!!



domingo, 24 de setembro de 2017

Texto em consultóri

Olha que lindo esse texto colocado na porta do Consultório de um Médico  achei válido compartilhar:

A *enfermidade* é um conflito entre a personalidade e a alma.

O *resfriado* escorre quando o corpo não chora.

A *dor de garganta* entope quando não é possível comunicar as aflições.

O *estômago* arde quando as raivas não conseguem sair.

O *diabetes* invade quando a solidão dói.

O *corpo engorda* quando a insatisfação aperta.

A *dor de cabeça* deprime quando as duvidas aumentam.

O *coração* desiste quando o sentido da vida parece terminar.

A *alergia* aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.

As *unhas* quebram quando as defesas ficam ameaçadas.

O *peito aperta* quando o orgulho escraviza.

A *pressão* sobe quando o medo aprisiona.

As *neuroses* paralisam quando a "criança interna" tiraniza.

A *febre* esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.

Os *joelhos* doem quando o orgulho não se dobra.

O *câncer* mata quando não se perdoa.

E as *dores caladas*? Como falam em nosso corpo!

*A enfermidade não é má, ela avisa quando erramos a direção*.

O *caminho* para a felicidade não é reto, existem curvas chamadas *Equívocos*.

Existem semáforos chamados *Amigos*.

Luzes de precaução chamadas *Família*.

Ajudará muito ter no caminho uma peça de reposição chamada *Decisão*.

Um potente motor chamado *Amor*.
Um bom seguro chamado *FÉ*.

Abundante combustível chamado *Paciência*.

Mas há um maravilhoso *Condutor* e solucionador chamado *DEUS*!!!!

           *PENSE!*

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Os quatro tipos de amigos

OS QUATRO TIPOS DE AMIGOS:

Esteja ciente destes quatro amigos de bom coração: o ajudante, o amigo que resiste a tempos bons e ruins, o mentor, e o amigo compassivo.

O ajudante pode ser identificado por quatro coisas: por protegê-lo quando você está vulnerável, e também em sua saúde, ser um refúgio para quando você está com medo, e em várias tarefas fornecendo o dobro do que é solicitado.

O amigo durador pode ser identificado por quatro coisas: por contar-lhe segredos, guardar seus próprios segredos, não te abandonar no infortúnio, e até mesmo morrer por você.

O mentor pode ser identificado por quatro coisas: por restringir-lo de delitos, guiá-lo para as boas ações, dizer o que você deve saber, e mostrar-lhe o caminho para o paraíso.

O amigo compassivo pode ser identificado por quatro coisas: por não se alegrar em sua desgraça, deliciar-se com a sua boa fortuna, impedir que outras pessoas falem mal de você, e encorajar outras pessoas que elogiam suas boas qualidades.

Meu milagre

Você é um ser humano.
É meu milagre.
É forte, capaz, inteligente.
Cheio de talentos.
Entusiasme-se com eles. Reconheça isso.
Encontre-se consigo mesmo.
Aceite-se. Anime-se.
Pense que a partir deste momento você pode mudar sua vida para melhor.
Isso se assim você o quiser, se programar e se encher de entusiasmo para alcançar o seu objetivo.
E, sobretudo, se perceber toda felicidade que pode conseguir, somente pelo fato de desejá-la.
Você é minha maior criação.
É o meu maior milagre.
Não tenha medo de começar uma vida nova.
Não se lamente nunca. Não se queixe.
Não se atormente.
Não se deprima. Como pode temer, se é meu milagre?
Você está dotado de poderes desconhecidos para todas os seres do universo.
Você é único.
Ninguém é igual a você.
Só você pode escolher o caminho da felicidade.
Eu o fiz perfeito para você aproveitar sua capacidade, e não para destruí-la.
Eu lhe dei o poder de pensar e o poder de imaginar; o de amar e o de criar; o de rir e o de falar; o da vontade e o de escolher o melhor.
Eu lhe dei o poder de rezar e o poder de escolher seu próprio destino.
Usando sua vontade eu o coloquei acima dos anjos. E o que você tem feito dessa imensa força?
Faça a opção de amar ao invés de odiar, rir ao invés de chorar, criar ao invés de destruir.
Escolha perseverar ao invés de renunciar, elogiar ao invés de criticar, dar em vez de tirar, agir ao invés de adiar, bendizer e não renegar.
Prefira dar graças em vez de blasfemar.
Viver ao invés de morrer miseravelmente à margem da verdade.
Aprenda a sentir a minha presença em cada ato de sua vida.
Cresça a cada dia em otimismo e esperança.
Abandone o medo e os sentimentos negativos.
Eu sou a LUZ e estou sempre com você.
Chame-me.
Busque-me.
Lembre-se de mim.
Vivo em você desde sempre, amando-o, e se você vier a mim encontrará o amor e a paz com que tanto sonha.
Tente tornar-se simples, inocente, generoso, doador, descubra sua capacidade de maravilhar-se com a criação e sinta-se humano… porque só você pode compreender uma lágrima ou a dor.
Você pode conhecer o AMOR. Lembre-se de que você é meu milagre destinado a ser feliz, com misericórdia, com piedade, com alegria, para que esse mundo por onde você passa seja digno de você.
E se você é um milagre, use seus dons.
Transforme a escuridão em LUZ.
Modifique o lugar onde você vive, transmitindo às pessoas esperança, alegria e otimismo.
E o faça sem temor, porque estou em você.”

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Evangelizar é preciso!

Todos os domingos à tarde, depois da escola dominical, um pastor e seu filho de 11 anos saíam pela cidade e entregavam
folhetos evangelísticos.   Numa tarde de domingo, quando chegou à hora de saírem pelas ruas com os folhetos, fazia muito frio lá fora e também chovia muito.
O menino se agasalhou e disse:

-Ok, papai, estou pronto!  '

E o pastor perguntou:

-'Pronto para quê?':

-'Está na hora de juntarmos os nossos folhetos e sairmos. '

O pastor respondeu:

-'Filho, está muito frio lá fora e também está chovendo muito. '

O menino olhou surpreso e perguntou:

-'Mas papai,  as pessoas não vão para o inferno até mesmo em dias de chuva?!'

O pastor respondeu:

-'Filho, eu não vou sair nesse frio!  '

Triste, o menino perguntou:

-'Eu posso ir?
Por favor!'

O pastor hesitou por um momento e depois disse:

-'Filho, você pode ir.
Aqui estão os folhetos.              Tome cuidado, filho!  '

-'Obrigado, papai!'

Então ele saiu no meio daquela chuva.
Este menino de onze anos
caminhou pelas ruas da cidade de porta em porta entregando folhetos sacros a todos que via.

Depois de caminhar por duas horas na chuva, ele estava todo molhado, mas faltava o último folheto.
Ele parou na esquina e procurou por alguém para entregar o folheto, mas as ruas estavam totalmente desertas.
Então ele se virou em direção à primeira casa que viu e caminhou pela calçada até a porta e tocou a campainha.
Ele tocou a campainha, mas ninguém respondeu. Ele tocou de novo, mais uma vez, mas ninguém abriu a porta.
Ele esperou, mas não houve resposta.

Finalmente, este soldadinho de onze anos se virou para ir embora, mas algo o deteve.
Mais uma vez, ele se virou para a porta, tocou a campainha e bateu na porta bem forte.
Ele esperou, alguma coisa o fazia ficar ali na varanda.
Ele tocou de novo e desta vez a porta se abriu bem devagar.
De pé na porta estava uma senhora idosa com um olhar muito triste.
Ela perguntou gentilmente:

-'O que eu   fazer por você, meu filho?'

Com olhos radiantes e um sorriso que iluminou o mundo dela, este
pequeno menino disse:

-'Senhora, me perdoe se eu estou perturbando, mas eu só gostaria de dizer que JESUS A AMA MUITO e eu vim aqui para lhe entregar o meu último folheto que lhe dirá tudo sobre JESUS e seu grande AMOR. '

Então ele entregou o seu último folheto e se virou para ir embora.
Ela o chamou e disse:

-'Obrigada, meu filho!!!
E que Deus te abençoe!!!'

Bem, na manhã do seguinte domingo na igreja, o Pastor estava no altar,quando a escola dominical começou ele perguntou:

- 'Alguém tem um testemunho ou algo a dizer?'

Lentamente, na última fila da igreja, uma senhora idosa se pôs de pé. Conforme ela começou a falar, um olhar glorioso transparecia em seu rosto.

- 'Ninguém me conhece nesta igreja. Eu nunca estive aqui.
Vocês sabem antes do domingo passado eu não era cristã.
Meu marido faleceu a algum tempo deixando-me totalmente sozinha neste mundo.
No domingo passado, sendo um dia particularmente frio e chuvoso, eu tinha decidido no meu coração que eu chegaria ao fim da linha, eu não tinha mais esperança ou vontade de viver.

Então eu peguei uma corda e uma cadeira e subi as escadas para o sótão da minha casa.
Eu amarrei a corda numa madeira no telhado, subi na cadeira e coloquei a outra ponta da corda em volta do meu pescoço.
De pé naquela cadeira, tão só e de coração partido, eu estava a ponto de saltar, quando, de repente, o toque da campainha me assustou.
Eu pensei:

-'Vou esperar um minuto e quem quer que seja irá embora. '

Eu esperei e esperei, mas a campainha era insistente; depois a pessoa que estava tocando também começou a bater bem forte.
Eu pensei:

-'Quem neste mundo pode ser? Ninguém toca a campainha da minha casa ou vem me visitar. '
Eu afrouxei a corda do meu pescoço e segui em direção à porta, enquanto a campainha soava cada vez mais alta.

Quando eu abri a porta e vi quem era, eu mal pude acreditar, pois na
minha varanda estava o menino mais radiante e angelical que já vi em minha vida.
O seu SORRISO, ah, eu nunca poderia descrevê-lo a vocês!
As palavras que saíam da sua boca fizeram com que o meu coração que estava morto há muito tempo SALTASSE PARA A VIDA quando ele exclamou com voz de querubim:
-'Senhora, eu só vim aqui para dizer QUE JESUS A AMA MUITO. '

Então ele me entregou este folheto que eu agora tenho em minhas mãos.

Conforme aquele anjinho desaparecia no frio e na chuva, eu fechei a porta e atenciosamente li cada palavra deste folheto.
Então eu subi para o sótão para pegar a minha corda e a cadeira.
Eu não iria precisar mais delas. Vocês vêem - eu agora sou uma FILHA FELIZ DE DEUS!!!

Já que o endereço da igreja estava no verso deste folheto, eu vim aqui pessoalmente para dizer OBRIGADO ao anjinho de Deus que no momento certo livrou a minha alma de uma eternidade no inferno. '

Não havia quem não tivesse lágrimas nos olhos na igreja.
O pastor desceu do altar e foi em direção a primeira fila onde o seu anjinho estava sentado.
Ele tomou o seu filho nos braços e chorou copiosamente.

Naquele domingo,nenhuma igreja teve um momento tão glorioso como este.

Lembre-se: a mensagem de Deus pode fazer a diferença na vida de alguém próximo a você.
Por isso...

- Me perdoe se eu estou perturbando, mas eu só gostaria de dizer que JESUS TE AMA MUITO e eu vim aqui para lhe entregar o meu último último folhetinho de hj!!

achei massa, compartilhando com vcs!!

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Fábula da rã

Foi feito um grande desafio para os Sapinhos:

O objetivo era atingir o alto de uma grande torre.

Havia no local uma multidão assistindo.

Muita gente para vibrar e torcer por eles.

Começou a competição.

Mas como a multidão não acreditava que os
sapinhos pudessem alcançar o alto daquela torre,
o que mais se ouvia era:

"Que pena !!! 
esses sapinhos não vão conseguir...
...não vão conseguir..."
E os sapinhos começaram a desistir.


Mas havia um que persistia e continuava a subida
em busca do topo...


A multidão continuava gritando :

"... que pena !!! vocês não vão conseguir !..."
E os sapinhos estavam mesmo desistindo, um por um...
menos aquele sapinho que continuava tranqüilo...
embora cada vez mais arfante. 

Já ao final da competição, todos desistiram, menos ele... 

A curiosidade tomou conta de todos.
Queriam saber o que tinha acontecido...

E assim, quando foram perguntar ao sapinho
como ele havia conseguido concluir a prova,
aí sim conseguiram descobrir... 
que ele era surdo !

Não permita que pessoas com o péssimo hábito 
de serem negativas, 
derrubem as melhores e mais sábias 
esperanças de nosso coração !

Lembre-se sempre :

Há poder em nossas palavras e em tudo o que pensamos...
Portanto, procure sempre ser

POSITIVO  
Resumindo :
Seja "surdo" quando alguém lhe diz que você
NÃO pode realizar seus sonhos... 

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

LARGATIXA

Um conferencista compareceu ante o auditório superlotado, carregando consigo um pequeno fardo. Após cumprimentar os presentes, em silêncio, enfeitou uma mesa forrada com toalha branca de seda, com dezenas de pérolas que trouxera no embrulho e com várias dúzias de flores frescas e perfumadas.
Em seguida apanhou na sacola diversos enfeites de expressiva beleza, e os distribuiu sobre a mesa com graça.
Logo depois, diante do assombro de todos, em meio aos demais objetos, colocou uma pequenina lagartixa, num frasco de vidro.
Só então se dirigiu ao público perguntando:
- O que é que os senhores estão vendo?
E algumas vozes responderam discordantes:
- Um bicho!
- Um lagarto horrível!
- Uma larva!
- Um pequeno monstro!
O conferencista então considerou:
- Assim é o espírito da crítica destrutiva, meus amigos! Os senhores não enxergaram o forro de seda branca que recobre a mesa. Não viram as flores, nem sentiram o seu perfume. Não perceberam as pérolas, nem as outras preciosidades. Mas não passou despercebida aos olhos da maioria, a pequena lagartixa...
E, sorridente, concluiu:
- Me pediram para subir a este palco para falar sobre crítica, portanto, nada mais tenho a dizer.

Quantas vezes não nos temos feito cegos para as coisas valorosas da vida e das pessoas? Se seu filho mostra seu boletim escolar repleto de boas notas, mas com apenas uma nota baixa em determinada matéria, qual é a sua reação? Você enfatiza e elogia as notas boas, ou reclama da nota baixa? Quando agimos assim, sem perceber, podemos estar contribuindo para a formação de uma geração que será caracterizada pelo que não é, e não por aquilo que é.
E assim acontece em muitas situações da nossa vida; em vez de focarmos nas flores e nas perolas, colocamos nossa atenção na “lagartixa”.
Tente substituir a crítica pelo elogio e pelo reconhecimento. Você vai perceber que isso tornará a vida de todos, e principalmente a sua, muito melhor! HV HV

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Eco da vida




ECO DA VIDA

Um pequeno garoto e seu pai caminhavam pelas montanhas.De repente o garoto cai, se machuca e grita:- Aai!!!Para sua surpresa escuta a voz  se repetir em algum lugar da montanha:- Aai!!!Curioso pergunta: - Quem é você?Recebe como resposta: - Quem é você?Contrariado grita: - Seu covarde!!!Escuta como resposta: - Seu covarde!!!Olha para o pai e pergunta aflito: - O que é isso?O pai sorri e fala: - Meu filho, preste atenção!!!Então o pai grita em direção a montanha: - Eu admiro você!A voz responde: - Eu admiro você!De novo o homem grita: - Você é um campeão!A voz responde: - Você é um campeão!O garoto fica espantado sem entender nada.Então o pai explica:As pessoas chamam isso de ECO , mas na verdade isso é a vida.Ela lhe dá de volta tudo que você diz ou faz.Nossa vida é simplesmente o reflexo das nossas ações.Se você quer mais amor no mundo, crie mais amor no seu coração.Se você quer mais responsabilidade da sua equipe, desenvolva a sua responsabilidade.Se você quer mais tolerância das pessoas, seja mais tolerante.Se você quer mais alegria no mundo, seja mais alegre.Tanto no plano pessoal quanto no profissional, a vida vai lhe dar de volta o que você deu a ela.SUA VIDA NÃO É UMA COINCIDÊNCIA;SUA VIDA É A CONSEQÜÊNCIA DE VOCÊ MESMO!!!
                              Autor desconhecido