Bem Vindo!!!

Parábolas e Fábulas são contadas de geração em geração e tem como atributo principal fazer-nos refletir sobre nossas atitudes e comportamentos.



Em sua maioria trazem, em seu conteúdo, lições de moral relacionadas ao comportamento humano com o próximo.



O objetivo deste blog é divulgar as muitas parábolas e fábulas contadas pelo mundo, bem como colaborar para que nos tornemos mais sábios e preparados para encarar a vida e seus desafios.



Boa Leitura!!!



quarta-feira, 20 de outubro de 2010

O EU cego

Não é esquisito que:

Quando o outro não faz é preguiçoso.
Quando você não faz é porque não tem tempo.

Quando o outro critica é intrigante.
Quando você critica é porque quer ajudar.

Quando o outro se decide a favor de um ponto é “cabeça dura”.
Quando você o faz é porque está sendo firme.

Quando o outro passa por você sem cumprimentar é mascarado.
Quando você não cumprimenta é apenas distração.

Quando o outro fala sobre si mesmo é egoísta.
Quando você fica falando sobre você é porque precisa desabafar.

Quando o outro se esforça para ser agradável tem uma segunda intenção.
Quando você age assim é porque é gentil.

Quando o outro ouve muito sem por limites está sendo fraco.
Quando você assim age está sendo compreensivo.

Quando o outro esquece um compromisso importante é irresponsável.
Quando você esquece é porque está muito estressado.

Quando o outro progride é porque teve oportunidade.
Quando você progride é fruto de muita garra e habilidade.

Quando o outro luta por seus direitos é teimoso.
Quando você o faz é prova de caráter.

Conclusão:

Cego para ver a si mesmo, mas tem lente de aumento para ver os defeitos dos outros.